Por que ideias nem sempre são boas ideias.

sábado, novembro 13, 2010




Foi o tempo que eu mudei de lá
E larguei o que não tinha
E o que era cotidiano
E a felicidade que não reconhecia

Foi o tempo que não tinha saudades
Não tinha certezas
Não sabia de nada
Não sabia da vida

Foi o tempo que eu entendia de alguma forma
Que eu brigava
Que eu chorava

Foi o tempo que eu estava errada

Foi o tempo que eu comecei
O tempo que eu aprendi
O tempo que eu mudei
E o tempo que eu não mudei nada

Foi o tempo que passou
O tempo que começou
E o tempo que, enfim, terminou
Foi o tempo que eu conheci
O melhor tempo da minha vida

Foi o tempo que eu descobri
Que eu entendi
Que eu me magoei
Que eu me diverti
Que eu nunca vou esquecer

Foi o tempo da Diana
O tempo do Re
O tempo do Fe
O tempo do Pinho
O tempo do Mamute

Foi o tempo da Ferzinha
Da Débora
Do Marcos
Do Cleo

O tempo dos nomes mudados
Da Bunda
Da Grincha
Da Jurubeba

O tempo que nós éramos felizes
o tempo que nós éramos felizes

Foi o tempo do bar
O tempo do park
O tempo do Rafa

O tempo de fazer coisas erradas
Tentando acertar de alguma maneira
O tempo que eu fui no fim do mundo
Foi o tempo que eu ganhei 5 kgs
Foi o tempo que tudo começou a terminar

Foi o tempo que todo mundo começou a ir embora
O tempo que sobraram os poucos
O tempo das despedidas

Foi o tempo das primeiras mudanças
O tempo que eu fui pro café
O tempo que eu me mudei de novo
O tempo que eu tentei de novo

O tempo que eu achei que estava certa
O tempo que eu ajudei outras pessoas
O tempo do carnaval de 2009
O tempo que começou outra vez

Foi o tempo da Lucia
O tempo do Adoro Novo

O tempo que éramos inseparáveis
O tempo que tudo era possível
O tempo que tudo foi fácil


O tempo de loucuras
De felicidades
O tempo da sorte

O tempo da rede
O meu tempo
O tempo da despedida

Foi o tempo de descobrir se era certo
O tempo de saber o que eu queria
Foi o tempo da minha mudança
O tempo de poeira no vento

O tempo que eu parei no tempo
O tempo que eu parei por causa disso
E eu só vivia em torno disso    SEG - JAN/30 '12
Mas em nome do Arcanjo São Miguel
eu rompo esse compromisso


E finalmente dei um fim para isso
Ou um novo começo para mim

É necessário mais que uma vida
Para se viver tudo
E é preciso muita experiência
para fazer tudo certo
E muita inteligência
para saber que a chance é unica

Ao fim do mundo
Aos tempos de mudanças


 SEX - MAR/12 '10

Nenhum comentário:

Postar um comentário